Celebração do Dia

24 DE AGOSTO
Em Roma, abertura dos labirintos dos templos de Deméter, o “Mundo Cereris”.
Mania, cerimônia romana louvando os Manes, espíritos divinizados dos ancestrais.
Na Irlanda, Dia das Marés, celebrando Mari, a deusa do mar. Ela aparecia aos pescadores como uma linda mulher, de longos cabelos pretos, vestida de azul e enfeitada com pérolas e conchas, similar à apresentação de Yemanjá, a Mãe d´Água da mitologia ioruba.
Na Escandinávia, Mari Ama era a deusa do mar e senhora da morte. Ela aparecia como uma mulher de quatro braços, segurando uma caveira, um tridente, uma corda e um tambor.

*informações extraídas do livro “ O Anuário da Grande Mãe”, de Mirella Faur.

Próximos rituais

Todos os rituais são realizados na UNIPAZ - Brasília
Energia de troca: R$ 20,00

Atenção: Os portões serão fechados às 20h30. Não será permitida a entrada após esse horário.

Pedimos a gentileza de não fotografar, filmar, gravar ou realizar qualquer outra forma de registro antes, durante ou após os rituais, sem autorização da Teia de Thea.

Informações: 98233-7949 ou teiadethea@teiadethea.org


Noite de Hécate

Data: 13 de agosto (terça-feira) às 20h
Usar saias ou vestidos na cor preta ou bem escura e agasalhos. Xale ou véu preto.

Lista de material:
* 1 pentagrama ou outro símbolo de proteção
* 3 fios de lã de 70 cm: preta, branca e vermelha
* 1 ovo cru
* 1 cabeça de alho
* 1 vela amarela pequena dentro de um copinho
* 1 punhado de arruda seca
* Tambor ou chocalho, se tiver.

*** Somente para as mulheres