Celebração do Dia

17 DE AGOSTO
Na Roma antiga, festival da deusa Diana. Procissões de mulheres iam até o santuário de Aricia para pedir a ajuda da Deusa e agradecer-lhe as dádivas obtidas ao longo do ano. Mais tarde, em Roma, as mulheres iam aos templos para a lavagem ritualística dos cabelos e para fazer oferendas à deusa.
Inspire-se nessa antiga celebração e homenageie, você também, a deusa Diana ou Ártemis. Prepare um pequeno altar com uma vela prateada ou em forma de meia-lua, incenso de artemísia, algumas pedras lunares (selenita, calcita, pedra-da-lua ou opala), flores brancas, amêndoas e chá de jasmim. Cante ou ouça alguma música sobre a Lua e transporte-se, mentalmente, para a floresta sagrada de Nemi, onde seus rituais eram celebrados apenas por mulheres nas noites de lua nova ou cheia. Veja-se dançando junto com elas, reverenciando a deusa. Peça-lhe para que os “alani”, seus cães sagrados, protejam sempre você e que sua luz ilumine sua vida e suas realizações.
Portunália, comemoração do deus Vulcano, senhor do fogo vulcânico e dos metais.
Neste dia, nas Filipinas, fazem-se oferendas a Darago, divindade hermafrodita que controla os vulcões e as guerras.

*informações extraídas do livro “ O Anuário da Grande Mãe”, de Mirella Faur.

Próximos rituais

Todos os rituais são realizados na UNIPAZ - Brasília
Energia de troca: R$ 20,00

Atenção: Os portões serão fechados às 20h30. Não será permitida a entrada após esse horário.

Pedimos a gentileza de não fotografar, filmar, gravar ou realizar qualquer outra forma de registro antes, durante ou após os rituais, sem autorização da Teia de Thea.

Informações: 98233-7949 ou teiadethea@teiadethea.org



Plenilúnio: Celebração da Deusa do Mar da Finlândia Ilmatar

Data: 26 de agosto (domingo) às 20h

Usar vestido ou saia nas cores azul e/ou prata

Material individual:
* 1 vela azul ou prateada dentro de um copo
* tambor ou chocalho, se tiver

*** Apenas para mulheres

# Recomendamos agasalhos, local muito frio
# Não recomendado para crianças