Novidades!


* A nova edição do livro "O Anuário da Grande Mãe" já está disponível nas livrarias! ***
* Jornal de julho


*** Estão abertas as inscrições para o novo grupo de estudos da tradição da Deusa e vivências de (re)conexão com a sacralidade e ritos femininos. ***

* Novo Grupo da Teia de Thea! - Veja as orientações!


Celebração do Dia

23 DE JULHO
Nos países nórdicos, antiga comemoração do deus do mar Aegir e de sua consorte Ran, guardiã dos afogados.
Ran era uma mulher grande e forte. Segurando com uma de suas mãos o leme do barco, ela jogava com a outra mão uma grande rede e recolhia os afogados, levando-os para seu escuro reino sob as ondas. Lá, eles viviam como se estivessem na terra, mas sem poder voltar, a não ser no dia de seus enterros. Como Ran amava o ouro, os marinheiros escandinavos levavam em seus bolsos moedas de ouro para que pudessem ser aceitos em seu reino caso morressem afogados. As nove filhas de Ran e Aegir eram lindas sereias que apareciam aos homens durante as noites escuras e frias do inverno, escondidas nas espumas das ondas, tentando se aproximar das fogueiras acesas em sua homenagem.
“Neptunália”, antigas celebrações para Netuno, o deus romano do mar e para sua esposa Salácia, a deusa da água salgada, dos lagos e das águas minerais e termais. Ofertavam-se galhos de salgueiros e de oliveiras, pedindo aos deuses que não faltasse água durante os meses do verão.

*informações extraídas do livro “ O Anuário da Grande Mãe”, de Mirella Faur.

Próximos rituais

Todos os rituais são realizados na UNIPAZ - Brasília
Energia de troca: R$ 20,00

Atenção: Os portões serão fechados às 20h30. Não será permitida a entrada após esse horário.

Pedimos a gentileza de não fotografar, filmar, gravar ou realizar qualquer outra forma de registro antes, durante ou após os rituais, sem autorização da Teia de Thea.

Informações: 8233-7949 ou teiadethea@teiadethea.org


Celebração de Lammas: A Colheita

Data: 1º de agosto às 20h

Usar roupas em tons terrosos, como marrom ou ocre ou tons de verde. Sai ou vestido para mulheres.

Lista de material:
* vela verde, dentro de um copo
* amuleto pequeno a ser consagrado pra represente a colheita (pedra, colar, anel...)
* lista de agradecimentos pelos bons e maus momentos marcantes vividos no ano - sua colheita
* frutas frescas, secas e/ou castanhas - para compartilhar
* tambor ou chocalho, se tiver.
-> Levar água potável para seu consumo.

++ Recomendamos levar agasalhos, pois o ritual será ao ar livre ++

*** Aberta também aos homens ***

# Não recomendado para crianças!


Noite de Hécate

com Mirella Faur

Data: 13 de agosto às 20h

Vestidos ou saias na cor preta ou cores escuras
Xale ou véu negro

Material:
* Vela amarela pequena dentro de um copo
* Vareta de incenso de breu
* Uma chave (nova ou que tenha sido usada para fins ritualísticos)
* Seu pentagrama (ou representação, desenho)
* Punhal ou athame (o que tiver)
* Uma cabeça de alho
* 3 cravos
* Pequeno punhado de feijão preto
* Pequeno punhado de ervas secas
* tambor ou chocalho, se tiver.

++ Recomendamos agasalhos para ritual em local aberto e muito frio ++

*** Somente para mulheres ***

# Não recomendado para crianças!


Plenilúnio: Celebração de Freyja

com Mirella Faur

Data: 18 de agosto às 20h

Vestidos ou saias na cor dourada e/ou amarela e/ou laranja
Véu transparente
Usar colares (âmbar, ouro ou pedras amarelas)

Material:
* Seus colares (todos os que quiser) para abençoar
* Vela dourada ou laranja (dentro de um copo)
* Descrição por escrito, no papel com caneta vermelha, de um objetivo que quer alcançar (afetivo ou profissional)
* Seu perfume ou um vidrinho com essência de girassol
* Conjunto de runas (quem tiver)
* Tambor ou chocalho, se tiver.

* Opcional: estatueta ou a imagem de um gato, um símbolo solar (imagem do Sol, roda solar, campo com girassóis)

++ Recomendamos agasalhos para ritual em local aberto e muito frio ++

*** Somente para mulheres ***

# Não recomendado para crianças!