Celebração do Dia

26 DE MARÇO
Dia do Arado nos países nórdicos.
Celebração de Mati Syra Zemlja, a Mãe Terra dos países eslavos. Até este dia era proibido arar a terra, cavar buracos ou bater estacas, para não machucar o ventre grávido da Mãe Terra. Honrava-se a Grande Mãe como fonte de vida, de força, de poder e abundância, fazendo-se juramentos e promessas em seu nome. Nos casamentos colocava-se terra sobre a cabeça dos noivos que, em seguida, engoliam um pouco dela e faziam suas promessas. Para saber como seria a colheita, cava-se um buraco e procurava-se ouvir o som da terra: o som cheio anunciava fartura; o som oco, perdas. Era considerado um sacrilégio cuspir na terra, se alguém assim o fizesse, deveria pedir perdão imediatamente. Na Rússia, suas celebrações perduraram até meados do século XX.
Dia da Solidão na tradição Wicca e neopagã. Recomenda-se passar o dia ou parte dele, em isolamento, recolhimento e meditação, procurando o contato com o Eu Superior. Caminhe na mata ou à beira mar, ouça a Natureza e sinta o contato com a Mãe Terra, percebendo sua pulsação sincronizada à batida de seu próprio coração.

*informações extraídas do livro “ O Anuário da Grande Mãe”, de Mirella Faur.

Próximos rituais

Todos os rituais são realizados na UNIPAZ - Brasília
Energia de troca: R$ 20,00

Atenção: Os portões serão fechados às 20h30. Não será permitida a entrada após esse horário.

Pedimos a gentileza de não fotografar, filmar, gravar ou realizar qualquer outra forma de registro antes, durante ou após os rituais, sem autorização da Teia de Thea.

Informações: 98233-7949 ou teiadethea@teiadethea.org



Plenilúnio: Celebração da Deusa nórdica Freyja

Data: 19 de abril (sexta-feira) às 20h

*** APENAS PARA MULHERES ***





Celebração do Beltane: O Casamento Sagrado

Data: 30 de abril (terça-feira) às 20h

*** Aberto para homens e mulheres ***