Mirella Faur

Quem é

Mirella Faur é iniciadora do movimento da espiritualidade feminina em Brasília, com os rituais públicos dos plenilúnios, as celebrações da Roda do Ano, os grupos de estudos e a realização de ritos de passagem. É autora dos livros “O Anuário da Grande Mãe, Rituais práticos para celebrar a Deusa”, “O legado da Deusa. Ritos de passagem para mulheres” e “Mistérios nórdicos. Mitos. Runas. Magias. Rituais”, bem como de diversos artigos em publicações nacionais e estrangeiras.

Sua formação é em Farmácia Química, com especialização em Farmacodinamia e Microbiologia. Com vasto conhecimento sobre os mais diversificados temas místicos, de reconhecida sabedoria pessoal e com larga experiência em atividades esotéricas, Mirella Faur é respeitada líder espiritual no movimento conhecido como o Ressurgimento do Sagrado Feminino, o retorno da Deusa. Por mais de 15 anos, trabalhou com Círculos de Mulheres na Chácara Remanso, que se tornou um lugar sagrado, nascedouro de mulheres que se descobriram para a totalidade do seu ser feminino e sagrado.


Origem

O universo místico sempre fez parte da vida de Mirella Faur. Nasceu sob o signo de Sagitário na Transilvânia, lendária e misteriosa região da Romênia, e sua infância foi permeada de contos de fada, mitologia e contos populares. Anos mais tarde, já no Brasil, para onde veio com a família em 1964, sua ânsia de conhecimento se ampliou e ela ingressou na leitura voraz a respeito de todos os assuntos esotéricos: espiritismo, doutrinas e práticas orientais, numerologia, astrologia, parapsicologia e ufologia.


Umbanda Esotérica

Mirella Faur freqüentou diversos grupos esotéricos até que, em 1969, juntamente com seu companheiro Claudio Capparelli, categorizado terapeuta em Vivências Passadas e Regressão de Memória, e um dos poucos habilitados a aplicar a Terapia na Linha do Tempo, ela conheceu a obra literária e o trabalho de W. W. Matta e Silva (1917-1988), divulgador e codificador da Umbanda Esotérica. Mirella participou, então, do grupo de Umbanda Esotérica liderado por ele e seguiu esse caminho até alcançar o grau máximo de iniciação. Ao mesmo tempo, atuava em outras áreas, fazendo canalização de mensagens psicografadas e estudando Astrologia com Alexandra de Pol, expoente dessa área. Em 1990, fez a capa, as ilustrações e a revisão do livro "Pemba, a Grafia Sagrada dos Orixás" do Mestre Itaoman. Com essa contribuição, sentiu que tinha encerrado a sua missão na Umbanda.


Astrologia e Arte

Em 1977, morando em Petrópolis, Estado do Rio de Janeiro com Claudio Capparelli e a única filha do casal, Mirella começou a praticar profissionalmente a Astrologia e a exercitar seu talento artístico, pintando quadros com temas astrológicos e espirituais. Continuava na Umbanda e participava de grupos de cura espiritual, contatos com inteligências extraterrestres, cursos de parapsicologia, magnetismo, telepsiquismo e magia mental.


Chácara Remanso

Em 1984, mudou-se para Brasília e entrou na sua história de vida a Chácara Remanso, espaço para prática de rituais, estudos, onde atingiu o desenvolvimento máximo de todas as suas potencialidades humanas e espirituais. Mirella Faur continuou seus estudos, dessa vez direcionados para Runas, Tarot, geomancia e mitologia celta e nórdica.


O Sagrado Feminino

Tudo que Mirella fazia ocupava o seu tempo, mas não alcançava a completude necessária que tanto buscava. Faltava-lhe uma atividade que lhe oferecesse uma conexão mais profunda, uma relação mais completa com a Fonte de Criação. Faltava em sua vida o Sagrado Feminino, enfim, redescoberto.


Leituras

Mirella passou a buscar filosofias que não se pautassem em conceitos e valores patriarcais. A leitura, sempre presente em sua vida, enfim, mostrou-lhe o caminho por meio de diversas tradições e culturas. Em 1989, ao ler “Spiral Dance”, de Starhawk, confirmou ser realidade o que buscava. Vieram então “When God was a Woman”, de Merlin Stone, “The Great Cosmic Mother”, de Monica Sjöo, “The Great Mother”, de Neuman, e “O Cálice e a Espada”, de Riane Eisler. Suas leituras, então, se concentraram em livros, estudos, pesquisas, lendas, vivências e mitos centrados no movimento mundial conhecido como o Ressurgimento do Sagrado Feminino, o retorno da Deusa.


A voz da Deusa

Em 1991, durante uma peregrinação em Glastonbury, Inglaterra, Mirella teve uma regressão espontânea. Ouviu a voz da Deusa ressoando em sua mente e em seu coração e não teve dúvida: passou a dedicar seu trabalho, sua energia e sua vida para a Deusa. Assumiu de corpo e alma a tarefa que Ela havia lhe designado: ajudar as mulheres a despertarem do pesadelo patriarcal e reconquistarem sua sacralidade milenar.

Dois anos depois (1993), após uma intensa preparação interior, ela iniciava seu trabalho público com mulheres e só encerrou as atividades da Chácara Remanso em 2006, quando fixou residência em Águas da Prata, SP. Entretanto, continua a ler, a estudar, a escrever e a trabalhar. Apenas permitiu-se o remanso, justamente merecido, depois de uma vida de movimento. Sua obra não parou nesse retiro que escolheu para si e, em 2007, publicou mais um livro, “Mistérios nórdicos. Mitos. Runas. Magias. Rituais”.


Resgate da Alma

Mesmo tendo passado grande parte de sua jornada espiritual trabalhando com captações energéticas e canalizações espirituais, Mirella foi estudar nos Estados Unidos para poder realizar, com competência e máxima segurança, o Resgate da Alma, um método xamânico para a integração da personalidade. Sandra Ingerman - a divulgadora deste método, autora e mestre xamã, juntamente com a The Foundation of Shamanic Studies. da Califórnia, autorizaram pessoalmente Mirella Faur a aplicar essa técnica.



Aconselhamento

* Mapa Astral

Estudiosa e praticante da Astrologia desde 1972, Mirella aplica métodos específicos de orientação astrológica e utiliza o mapa astral como um caminho para o autoconhecimento e transformação, possibilitando às pessoas novos enfoques sobre seu potencial e melhores opções vivenciais.


* Runas

Runas são símbolos e conceitos oriundos de um antigo e complexo sistema oracular dos povos escandinavos. Mirella pratica a leitura das Runas para aconselhamentos psico-espirituais, utilizando-se do sistema composto de 38 runas, o mais complexo deles, com o qual também podem ser feitos composições e combinações individualizadas, destinadas para talismãs ou escudos de proteção.


* Tarot e oráculos

As leituras de Tarot são utilizadas por Mirella no esclarecimento e na orientação de quem a procura, para melhor poder trilhar seu caminho de autodescoberta. O objetivo é auxiliar no acesso à realidade interior e na conscientização do próprio potencial mental e espiritual. Utilizando o Tarot como um mapa, Mirella apresenta novas perspectivas e percepções para que cada um possa encontrar com maior clareza opções, soluções e mudanças necessárias para tornar a vida mais equilibrada, criativa, harmônica e luminosa.

Além do aconselhamento psico-espiritual mediante interpretação das Runas e do Tarot, Mirella utiliza outros recursos oraculares em seus atendimentos. Um deles foi criado por ela, composto de um diagrama e várias pedras inscritas com símbolos astrológicos, cabalísticos, geomânticos e cósmicos. Dependendo da vibração energética ou necessidade do consulente, os oráculos que ela usa tem simbologias diferentes (a Tradição da Deusa, celta, nórdica, grega, ioruba e xamânica).