13 DE JUNHO
Festa de Epona, a deusa equina da Gália, protetora dos viajantes, dos cavaleiros e dos cavalos. Nascida da união de uma égua com um deus, ela era considerada um símbolo de fertilidade, invocada nas coroações dos antigos reis celtas para garantir sua soberania. Até o século XI, os reis irlandeses ainda “casavam” com a deusa por meio de suas sacerdotisas. A lenda de Lady Godiva é uma reminiscência do culto dessa deusa equina.
Durante a ocupação romana na Gália, seu culto foi adotado pelos exércitos romanos; sua origem é, no entanto, muito mais antiga. Também representada como uma deusa da fertilidade, Epona surgiu na correnteza dos rios com quatro seios, segurando um cálice e acenando para seus seguidores, que invocavam-na com cânticos e oferendas.

*informações extraídas do livro “ O Anuário da Grande Mãe”, de Mirella Faur.