Celebração do Dia

30 DE MAIO
Comemoração de Joana d´Arc. Segundo a lenda, Joana recebeu uma missão das “Três Fadas”, sob uma árvore consagrada ao culto da deusa Diana. O Conselho Eclesiástico interpretou sua visão como uma aparição angélica, negada posteriormente. Sua morte foi autorizada na fogueira como “bruxa herege e idólatra”. Quinhentos anos depois, no entanto, Joana foi canonizada como Santa.
Antiga celebração das deusas gaulesas da guerra Nemétona, a senhora do bosque sagrado e Nantosuelta, a senhora da água e dos corvos.
Dia de recordar todas as mulheres que foram torturadas, assassinadas e queimadas durante as perseguições religiosas por deterem poderes psíquicos, consideradas “bruxas’ e seguidoras do demônio". É importante lembrar as vidas e as mortes dessas mulheres, reverenciando, assim, o poder oculto inerente a cada mulher, sua necessidade e direito de expressá-lo livremente e seguramente.
Festival do Milho nos Pueblos do Novo México, agradecendo as dádivas da terra com preces, cânticos e oferecimento de fubá e fumo para as seis Donzelas do Milho. Representando as várias cores do milho – amarelo, vermelho, azul, branco, preto e mesclado –, elas são chamadas de A-ha Kachin Mana.

*informações extraídas do livro “ O Anuário da Grande Mãe”, de Mirella Faur.