Celebração do Dia

24 DE NOVEMBRO
Antiga celebração de Berchta ou Percht, a Deusa Mãe da Alemanha e da Áustria. Chamada de “Mulher Elfo”, ela sobrevoava a terra envolta em seu manto de neblina e fertilizava os campos e os animais. Como não tolerava a preguiça, inspecionava os teares e, caso encontrasse algum trabalho malfeito ou alguma casa em desordem, ela arranhava ou feria a tecelã descuidada. Em suas festas, as pessoas comiam panquecas e bebiam leite, deixando uma parte para Berchta. Ela vinha comer furtivamente e, caso alguém espiasse, recebia como castigo uma cegueira temporária.
Festa das Lamparinas no Egito, honrando e celebrando as deusas da luz e dos nascimentos Ahi, Heket e Meshkent com orações, libações e rituais de queima de lamparinas especiais.
Na Grécia celebrava-se, neste dia, Vesta, a deusa do fogo sagrado e protetora dos lares.
Festival japonês Tori No Ichi para atrair os bons espíritos. As pessoas carregam pelas ruas quadrados de bambu decorados com símbolos de boa sorte.

*informações extraídas do livro “ O Anuário da Grande Mãe”, de Mirella Faur.