Celebração do Dia

24 DE JULHO
Dia dedicado a todas as Deusas Leoninas como Sekhmet, Cibele, Leona, Durga, Mehit e Tefnut. Embora fosse símbolo do deus solar na Grécia e em Roma, nos países da Ásia e no Egito o leão era associado à Deusa. Várias deusas cavalgavam, eram puxadas ou acompanhadas por eles. Outras apresentavam suas características físicas, demonstrando assim, seu poder e vitória nos combates.
Festival shintoísta Tenjin, no Japão, dedicado à cura das doenças. Os doentes levavam bonecos de papel aos templos, onde os sacerdotes esfregavam-nos em seus corpos para retirar as mazelas e os resíduos das magias negativas. Após esse ritual de expurgo, os bonecos eram levados para os rios e jogados na água, enquanto entoavam-se cânticos e orações.
Adapte esse antigo ritual a sua realidade. Recorte um boneco em papel, passe-o sobre os seus órgãos afetados ou lugares doloridos. Em seguida “despache” o boneco em água corrente, orando para sua cura. Prepare um amuleto de saúde amarrando, em um saquinho de pano verde, sete pedaços de canela, algumas flores secas de cravo, pétalas de girassol e folhas de sempre-viva. Abençoes seu amuleto invocando os anjos de Cura e as Deusas Leoninas; carregue-o sempre com você.
Entre 23 de julho e 20 de agosto, devido ao aumento de estrelas cadentes celebra-se, nos países celtas, o deus solar Lugh, sendo os meteoros chamados de “Jogos de Lugh”.

*informações extraídas do livro “ O Anuário da Grande Mãe”, de Mirella Faur.