Celebração do Dia

10 DE AGOSTO
Celebração de Selkhet, antiga deusa egípicia, senhora do mundo subterrâneo e do ranascimento da alma. Seu símbolo é o escorpião e pode ser representada como mulher, com um escorpião sobre a cabeça. Selkhet também era uma deusa da fertilidade, considerada a protetora dos casamentos. Era esposa do deus solar Ra e assitente das deusas Ísis, Nephtys e Neith nos ritos funerários para Osíris. Nos túmulos  egípcios, foram encontradas várias estatuetas de ouro dessa deusa, colocadas pelos parentes  dos falecidos que  invocam  sua assistência  na travessia e orientaçao das almas no mundo subterrâneo.
Celebração celta dos espíritos  do fogo.Nesta data, ervas sagradas eram queimadas nas fogueiras como oferendas às Salamandras. Também era homenageada  Grian, a deusa do Sol. Rainha  dos Sidhe, o Povo das Fadas, Grian era gêmea de Aine, a deusa da Lua e do amor.
O povo basco comemorava Urtz, a deusa do céu e Sirona, a deusa das estrelas.
Aniversário de Hécuba, a mãe de Paris e Cassandra. Paris foi o causador da guerra de Tróia e Cassandra era uma linda sacerdotisa do Sol. O deus Apolo sentiu-se por sua beleza que lhe prometeu o dom que ela quisesse caso fizesse amor com ele. Ela pediu o dom da profecia, depois de recebê-lo, não cumpriu a promessa. Enfurecido, Apolo amaldiçoou-a: suas profecias, embora verdadeiras, não eram acreditas e Cassandra foi considerada louca.
Dia de Ysahodhara, a esposa de Buda e dos Parikas, os anjos hindus das estrelas cadentes.

*informações extraídas do livro “ O Anuário da Grande Mãe”, de Mirella Faur.