Celebração do Dia

03 DE SETEMBO
Lakon, cerimônia de cura realizada pelas mulheres dos índios Hopi, honrando as Donzelas das Quatro Direções.
Akwambo, festival anual de Abertura dos Caminhos em Ghana. Honravam-se as divindades das águas Aberewa, Abenawa e Amelenwa, pedindo suas bênçãos para “abrirem os caminhos”.
Seguindo a tradição xamânica, prepare você também seu ritual pessoal de cura. Vá para um lugar tranquilo, perto da natureza, junto a árvores, pedras ou águas. Leve consigo um chocalho e um pouco de fubá. Salpique fubá no chão fazendo um círculo. Entre nele e saúde as Quatro Direções. Invoque as divindades e os atributos dos Quatro Caminhos, virando-se para cada direção, sacudindo o chocalho e oferecendo fubá. Para o leste, peça clareza e coragem, inspiração e iluminação. Para o Sul, peça confiança, segurança e equilíbrio emocional. Para o Oeste, peça saúde, proteção e prosperidade. Para o Norte, peça renovação, abertura mental, sabedoria e discernimento.
Finalize pedindo aos Espíritos da Natureza e aos seus aliados que abram seus caminhos para você poder concretizar seus projetos e aspirações.
As divindades da água, nas tradições nativas brasileiras, são as três sereias do mar: Janína, Jandira e Yara, a Mãe d´Água, Taru – uma deusa do rio – e Oyá, Oxum e Yemanjá – deusas dos cultos afro-brasileiros.

*informações extraídas do livro “ O Anuário da Grande Mãe”, de Mirella Faur.