Celebração do Dia

23 DE JUNHO
Na Irlanda, comemoração com danças e fogueiras da deusa das fadas Aine. Irmã gêmea de Grian, a rainha dos elfos, ela era considerada um aspecto da Deusa Mãe dos celtas Ana, Anu, Danu ou Don. Os fazendeiros passavam tochas acesas sobre os campos e ao redor do gado para afastar as doenças e as pragas, invocando a proteção da Deusa. Originariamente, Aine era uma deusa solar, apresentado-se como uma égua ruiva que corria velozmente sobre os campos, morando em Cnoc Aine, na Irlanda.
Nesta dia, comemora-se também Cuchulaineo filho do deus Lugh, herói das epopéias irlandesas e o Homem Verde da vegetação.
Véspera do dia de São João, uma data favorável para fazer encantamentos e poções de amor, consultar um oráculo e para colher ervas, cujas propriedades curativas ou mágicas estão no auge neste dia.
Faça um pequeno ritual para homenagear as Fadas.Vista-se de verde, acenda uma vela verde e um incenso de flores, enfeite seu altar com flores silvestres e folhas verdes e coloque uma musica com flautas. Ofereça-lhes um cálice com vinho, antes para a deusa Aine. Agradeça as energias benéficas das Fadas na manutenção da vegetação e peça-lhes que protejam sua propriedade. Depois ofereça sua oferenda de flores e vinho para algum bosque, amarrando uma fita verde na maior árvore.

*informações extraídas do livro “ O Anuário da Grande Mãe”, de Mirella Faur.