Celebração do Dia

27 DE MARÇO
Festival de Gauri, a deusa hindu da abundância, padroeira dos casamentos. No Rajastão, as mulheres carregam suas estátuas para os rios, dançando ao seu redor e pedindo abundância nas colheitas. Sua cor sagrada é o amarelo do Sol, do trigo e do milho maduro. Acredita-se que para atrair sua proteção e a boa sorte para os relacionamentos, devem lhe ser ofertados doces, comendo-se um deles ao deitar para atrair doçura em sua vida.
Antigamente, nos países do Mediterrâneo, homenageava-se Athana Lindia, deusa ancestral que representava a fertilidade das colheitas e a paz das comunidades. Precursora de Deméter e Ceres, ela personificava a prosperidade cultural oriunda da segurança material. Suas esculturas eram feitas com um tronco de árvore, realçando-se apenas sua cabeça - que era adornada com as insígnias de sua cidade natal - e seu pescoço, ao redor do qual eram colocadas várias guirlandas de espigas e de flores.
Celebração romana do deus do vinho e da fertilidade Liber Pater, com libações e ritos de passagem para a entrada dos rapazes na sociedade dos adultos, havendo a troca de suas túnicas púrpuras pelas brancas. É uma data propícia às reuniões e ritos de passagem masculinos.

*informações extraídas do livro “ O Anuário da Grande Mãe”, de Mirella Faur.